segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Mário Soares


Mário Soares faz hoje 85 anos e dá uma interessante entrevista ao jornal i.
Um documento, a não perder.
Fala de Norton de Matos, Salazar, Humberto Delgado, Álvaro Cunhal, o regime, o escândalo ballet rose, a actualidade política nacional, José Sócrates e ... Manuel Alegre.
E, desconhecendo eu, naturalmente, muitos dos episódios que relata, não posso, sobre eles, fazer qualquer juízo de valor. Já sobre o que diz de Manuel Alegre posso...e não resisto.

Soares diz que

"Fui durante muitos anos amigo dele, tínhamos um contacto quase diário. Eu gosto dele, dou-me bem com o temperamento dele... Mas não aprecio a maneira como se tem comportado como militante do PS. Com um pé dentro e outro fora...

Se Manuel Alegre for candidato às Presidenciais, apoia-o?

Só me posso decidir, por um candidato, depois de haver um candidato oficial do Partido Socialista. Eu apoio o candidato do Partido Socialista, porque sou militante do Partido Socialista, desde a sua fundação. Hoje - diga-se - como militante de base, como convém à minha idade."

Mas Soares deveria estar muito caladinho sobre Alegre.
Todos sabemos, e ele sabe também, que o país tem hoje um Presidente da República de direita porque o PS optou pela solução errada e estigmatizou Alegre.
Então o que Soares deveria dizer era que o PS e ele próprio tinham avaliado mal a situação e que o candidato do partido deveria ter sido Alegre.
E assim, ele estaria hoje com os dois pés dentro do PS e não "com um pé dentro e outro fora".

2 comentários:

DR.PARDAL disse...

O Mário é uma raposa velha.
Não perdoou ao Zenha e agora faz o mesmo com o Alegre.
Entretanto o Alegre já anda a encenar umas cenas tristes com jantares de carne assada.
Quem deu a cara pelo Sócrates está feito ao bife.
Manuel Alegre nunca será PR.
Votei nele nas anteriores presidenciais mas agora NUNCA MAIS, pois o facto de caucionar o PM mais mentiroso e aldrabão da História de Portugal diz tudo acerca deste triste bardo!

Cascais1 disse...

Ao que parece, já começou a tourada das presidenciais!

Quando é que nos reconciliamos com a nossa história e uns com os outros na pessoa do nosso Rei?

Os Braganças sempre foram gente séria!