domingo, 13 de dezembro de 2009

E ele a dar-lhe...


Tony Blair continua na dele. E ainda tem o desplante de vir dizer que "Não estaríamos melhor com Saddam" e que a invasão do Iraque está justificada mesmo que Saddam Hussein não dispusesse de armas de destruição em massa.

É a isto que se chama casmurro, não?
Não "estariamos" melhor com Saddam? É uma teoria discutível.
E "estamos" melhor sem Saddam? É também uma teoria discutível.
Se "estamos" melhor, por cá não damos por nada. E no Iraque também não.
E como se provou que Saddam era um rato de esgoto, inofensivo para a segurança mundial, toca de dizer agora que essa (mentirosa) justificação das armas de destruição em massa afinal não interessa para nada.
É a confissão de que queriam invadir o Iraque. Mesmo que o Saddam tivesse apenas uma pistola de água.
Quantos ditadores como Saddam há por esse mundo fora?
O que falta para o Tony apoiar a invasão desses territórios?

1 comentário:

DR.PARDAL disse...

Este bife devia ser considerado criminoso de guerra e ser julgado no Tribunal Penal Internacional.
Por muito menos Radovan Karadic está a ser julgado...