quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Berta x 2


Pareceu-me ter ouvido na televisão Berta Cabral dizer que se ganhar de novo a Câmara e se depois o PSD ganhar as Regionais em 2012 ela pode ser no seu último ano de mandato como autarca também Presidente do Governo.
Pode?
Parece absurdo.
Mas pode?

4 comentários:

J. disse...

Creio que não pode, segundo o regime jurídico de incompatibilidades de titulares de cargos políticos e altos cargos públicos:
http://www.pgr.pt/portugues/grupo_soltas/incompatibilidades/legislacao_64_93.htm

Fiat Lux disse...

Obrigado pela explicação.
Sendo assim só pode ter sido um lapso de Berta Cabral.

Rui disse...

Fiat,

Acho que a Dra. Berta quis dizer foi que os pontadelgadenses são açorianos. Logo, enquanto Presidente do Governo Regional dos Açores, será Presidente dos pontadelgadenses.

É a minha leitura, apenas isso. Vale o que vale.

Rui Lucas disse...

É manifestamente abusivo e absurdo fazer essa interpretação das palavras de Berta Cabral.

"[Se ganhar em 2012] os açorianos passarão a ter-me como presidente do governo e o presidente do governo é também presidente de Ponta Delgada".

Como também é, acrescento eu, presidente dos angrenses ou graciosenses.

Ou seja, o lapso que existiu foi dos jornalistas da RTP/Açores.

Mas o melhor é ver o Telejornal.

http://videos.sapo.pt/6zQGqgwezgknnSJ20A5B

As declarações surgem aos 8'52''.

Abraço