domingo, 11 de outubro de 2009

Contracorrente


Foto Armando França /AP

A foto é dos festejos de Liedson que fez o 2-0 e fez com que todos respirassem de alívio.
E agora já somos outra vez os maiores. Passámos de bestas a bestiais.
Mas na hora da euforia deixem-me ser "mau português": Não merecemos ir ao Mundial.
E deixem-me ser "preconceituoso": Não gosto de ver a selecção portuguesa transformada na selecção luso-brasileira. Mesmo que isso nos ajude a ganhar.
Já não tinha gostado de ver Scolari à frente da Selecção, apesar dos resultados obtidos.
Continuo a achar que Scolari não é o maior e que Queiroz não é o pior.
E deixem-me ser "ignorante": Cristiano Ronaldo a jogar como tem jogado não faz falta nenhuma à selecção.

4 comentários:

Maninha disse...

coitadinho do cristiano. está sob a influência da magia negra do bruxo pepe.

Fiat Lux disse...

Yo no creo en las brujas, pero que las hay, las hay :)

krakka12 disse...

Vocês tem é inveja do Cristiano que é um rapaz forte, alto e interessante.

Rui disse...

Os estrangeiros nas selecções é um assunto que transcende a selecção portuguesa. Porque a partir do momento em que a França tem maioritariamente jogadores da ex-colónias, que a Espanha, a Sérvia, a Polónia, o Japão, etc têm jogadores brasileiros, Portugal não pode ficar atrás e tem de jogar com as mesmas armas. Eu também não gosto, mas parece-me ser um mal necessário.

Quanto ao resto, Scolari não é, definitivamente, o maior e o Cristiano, mesmo não jogando bem, mesmo lesionado e mesmo eu não gostando muito da sua atitude, joga mais que todos os outros juntos.

Portugal merece estar no Mundial. Jogaram bem e às vezes muito bem nesta qualificação. TIveram muito azar, pois não conseguiram concretizar. Faltava o Pauleta. Depois não venham dizer que o Pauleta é o melhor marcador da selecção porque marcava contra Maltas e Liechtensteins. Ele marcava contra essas e contra as outras. Ele marcava, ponto.