quarta-feira, 13 de maio de 2009

Outras touradas


Ainda na Antena 1 Açores ouço a notícia de que os deputados do PSD ficam quase todos nos Açores, apenas 3 vão a Toronto às comemorações do Dia dos Açores.
Porque acham que em tempo de crise é muita despesa.
Têm toda a razão.
Só é pena que a consciência dos deputados não pese sempre assim.
Talvez se fizesse menos sangue...

6 comentários:

Anónimo disse...

3 é muito. Bastava só um. Ou a líder do PSD ou o líder da bancada parlamentar.
É que não são só as passagens e estadia. Mais caro do que tudo isto são as ajudas de custo (porra se é tudo pago porque é que pagam ajudas de custo?) e as despesas de representação, que, no caso dos 3 paralamentares, davam para 9/10 passagens aéreas.
Caso para se dizer: eles comem tudo, fdps.

O Psiquiatra de serviço disse...

O resultado do inquérito Fiat é expressivo. O que mais me choca é a prostituição das convicções pela conveniência politica. Se esses deputados que defendiam a sorte de varas o faziam por convicção porque mudaram a sua intenção de voto? Por causa da contestação?
Se defendiam as touradas picadas por conveniência politica (que é o mais que certo) resolveram agora mostrar as suas convicções?
Isso só prova o calibre e a evergadura moral e politica desses deputados. Tenham vergonha e renunciem aos seus mandatos.
Acho, sinceramente,que a blogosfera devia encetar uma luta pela renúncia desses senhores. Não por defenderem a sorte de varas, mas porque demonstraram que actuam por conveniência e na defesa de obscuros interesses particulares, no caso concreto de meia dúzia de terratenentes da Terceira.
Legitimemente se questiona: - a troco de quê?!

GIUP disse...

Deputados que defendem a sorte de varas e a querem impor contra a vontade da maioria dos açorianos:

-Bento Barcelos-PSD
-Clélio Meneses-PSD
-José Manuel Bolieiro-PSD
-Francisco Coelho-PS
-Paulo Estevão-PPM

(contribuam para completar a lista)

Baleia Branca disse...

E as esposas da comitiva governamental? Também vão para Toronto, claro.

E as que trabalham no sector privado? Vão pedir dispensa, por estarem "ao serviço de uma causa pública"? Claro que não, o Governo está a enviar cartas para estes casos a "informar" que as senhoras não irão trabalhar nos à volta do Dia da Autonomia e...bico calado.

Porto das Pipas disse...

Já agora, alguém sabe quantas viagens foram pagas pelo erário regional para a inauguração da Loja Açores em Lisboa?...;)

Trilobite disse...

Não. Quantas?
Vou tentar adivinhar. 35?