quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Carregadinho de razão

"Os bispos rejubilaram com a decisão [veto à lei das uniões de facto], que não é só triste: é escabrosa. Está ferida de insensibilidade, de desprezo pela mobilidade da sociedade humana, de abstrusa teimosia na defesa de um Portugal Velho, supersticioso, paralisado, de mentalidade pacóvia. Não enxergam, um, por ideologia cega; os outros porque continuam a reduzir o mundo à escala da abstracção, que os elos societários são animados por interesses colectivos. Mais cedo do que tarde, a lei será aprovada, porque concilia a generosidade das ideias com a dimensão colectiva." Baptista Bastos,DN

1 comentário:

DR.PARDAL disse...

É pá, se o pessoal quer direitos que assine um "contrato", ou seja, que adiram ao casamento.

O Presidente, neste caso, esteve bem e respeitou a vontade da maioria.