domingo, 26 de julho de 2009

Joana Amaral Dias


Afinal o PS convidou ou não Joana Amaral Dias?
Eu convidaria.
Louçã é que não a convida para nada.
Depois de Joana Amaral Dias ter sido a mandatária para a juventude da candidatura de Mário Soares à Presidência da República, o líder do BE (que também era candidato) deixou-a de fora dos cargos do partido.
Uma decisão infeliz.
Mas era bom saber quem mente nesta história.
Ou o PS convidou. E nesse caso mentem os socialistas.
Ou não convidou e é Louçã que está a mentir.
Ou "a faltar à verdade", que é a maneira como alguns políticos conjugam o verbo mentir.
Sócrates, que não mente, embora já tenha faltado à verdade várias vezes, disse que o PS "não convida pessoas do BE nem de outros partidos".
Pois por cá convida. Até do PSD.
E já agora Joana, foste ou não convidada?
Por quem? Para quê?
Não faltes à verdade :)

4 comentários:

geocrusoe disse...

convites com contrapartidas de ofertas em lugares do estado?!!!... por cá isso não se assume, basta ver apenas os seduzidos pela rosa em lugares nas empresas públicas regionais e afins para se dizer: eu não creio, mas que existem...

Tiago R. disse...

O que é certo é que o PS, ao fim de mais de dez anos, conseguiu finalmente prceber que tem no BE um perigosíssimo rival eleitoral.

Também se percebe, finalmente, melhor o posicionamento político do BE, mais próximo do centro, algures entre o PS e o PCP.

Quanto a JAD, não passa de um fait-divers, a competição por ter uma cara bonita e conhecida nas listas. Faz lembrar as táticas do Berlusconi!

Marques Antunes disse...

A piquena não foi convidada senão pelos renovadores comunistas que sabem muito !
Renovadoxo.

Fiat Lux disse...

Assim se vê a força do PC :):):)