sábado, 10 de janeiro de 2009

O elixir do amor


Afinal parece que existe mesmo o elixir do amor.
A chave parece estar na hormona oxitocina em combinação com a dopamina.
A pesquisa de neurocientistas norte-americanos vem na revista Nature.
E até já se fala em medicamentos para provocar sentimentos de amor ou desamor !?
(LUSA)

4 comentários:

O Psiquiatra de Serviço disse...

Olhe que isso não é novidade. Carlos César e o ps-A, dois espíritos, a mesma pessoa, foram os pioneiros na utilização dessa combinação, na formação da "grande familia", que aliás já fora utilizada pela "grande familia" do psd-A de Mota Amaral.
A politica açoriana é muito vanguardista. Não me admirava nada que a ALRA puxasse um coelho da cartola e processasse a Nature por essa blasfêmia.

Anónimo disse...

Nem com um barril desse elixir socegavamos certas gentes.

Já agora, caro Fiat, dois temas de reflexão para o fim de semana:
a sugestão de A.João Jardim a Ferreira Leite, para um exame de consciência e a aplicabilidade da "luminosa" teoria dos ciclos, posta recentemente a circular nos Açores, à Região Autónoma da Madeira.

Anónimo disse...

Caro Fiat.
Quando eu era rapazote, davam-me um tónico chamado "cerinutrina". Tem alguma coisa a ver com a "oxitocina" e a "dopamina"?
É que aquilo fazia-me bem.

Anónimo disse...

Eu também quando era rapaz tomei pudês de cerinutrina. Hoje chamo-me Maria Vanessa e sou casado com o Tozé.