quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Tu mereces !


Foi bonita a festa pá !
E tu mereces todo o carinho que recebeste ontem mais uma vez dos muitos amigos que fizeste ao longo dos anos em que brilhaste nos relvados e em que aliaste a tua humildade a um comportamento exemplar fora do campo. Também aí provaste ser inteligente.
Apesar de haver alguns "atoleimados" que insistem em dizer que um jogador de futebol só tem inteligência nos pés. Deixa-os falar, embora se eles quisessem reduzir a valia de uma pessoa que sabe de futebol apenas às suas características enquanto praticante tivessem que juntar no teu caso também um muito bom jogo de cabeça.
Nunca me hei-de esquecer do jogo de 10/06/2002 em que ganhámos à Polónia por 4-0 no Mundial da Coreia/Japão e em que marcaste três golos.
Vi o jogo sozinho, mas saltei, gritei e chorei a cada golo teu.
Senti nessa altura um grande orgulho em poder dizer "sou açoriano, sou da terra do Pauleta".
Fizeste pela auto-estima dos açorianos mais do que qualquer pessoa.
Provaste que os açorianos são tão bons ou melhores que muitos outros portugueses, mesmo daqueles doutores da capital que nunca viram uma vaca, mas que se julgam muito inteligentes só porque detestam futebol.
Obrigado por tudo, Amigo.
E muitas felicidades.
Tu mereces!

6 comentários:

Jordão disse...

Esta foi sentida!

Mas ele merece sim senhor!

O que mais impressiona no nosso Pauleta é a sua humildade e simplicidade. Ele fala com todos, distribui simpatia, irradia felicidade. Um enorme orgulho para todos nós.

CAVP disse...

SUBSCREVO INTEIRAMENTE

De um AÇORIANO GRACIOSENSE A VIVER EM SÃO MIGUEL

Rui Rebelo Gamboa disse...

O Pauleta é o maior. E como em tantos outros casos, foi preciso sair (no caso dele de Portugal, mas noutros casos da Região), para ser devidamente valorizado.

Somos um país onde tudo o que vem de fora é bom. Triste.

Anónimo disse...

Eu masturbei-me à fartazana ontem em frente à TV Rural a ver os 50 golos marcados contra o Lincheinstein, Andorra e o Azerbeijão.

Comparo os golos quase todos marcados pelo Pauleta a essas grandes selecções às vitórias do Horácio nos rallyes açoreanos até o cubano chegar cá e dar calendários a todos. A analogia é a mesma em relação ao Pauleta. Isto em terra de cegos quem tem um olho é Rei. Nós merecemos!

Anónimo disse...

Como é que este tipo diz à boca larga que é da terra do Pauleta?
Se é das ilhas como pode ser de São Roque?

O Psiquiatra de serviço disse...

A inveja maledicente, o rancor venenoso da barbárie, o bairrismo retrógado na sua genuina plenitude.
Não gosto de futebol. Não aturo a seita da bola, mas por em causa o prestigio e as qualidades pessoais, o humanismo e a grandeza pessoal do Pauleta, deste AÇORIANO, só porque é de S. Miguel?? E se fosse toureiro, era diferente?
Perdoe-me o Fiat Lux e os demais leitor(es/as), mas tenho de dizer uma coisas aos autores destes dois últimos comentários:
- Vão-se foder!