domingo, 28 de setembro de 2008

Aníbal Pires (CDU) - entrevista na RTP-Açores

Aníbal Pires foi traído ... pela tosse !? Parece coisa pouca, mas em televisão deve ser um drama.
Confesso que me perdi várias vezes, "desliguei-me", via mas não ouvia. Aníbal Pires é muito palavroso, e isso em política não é certamente o melhor. Hoje em dia os políticos que melhor passam a mensagem são os profissionais de uma coisa a que chamam, à americana, "sound bite" (e não "sound byte"), que não passa de uma frase muito curta, mas que fica no ouvido de quem a ouve, mesmo que não esteja com uma atenção extrema.
O Paulinho das feiras é um mestre nessa arte.Dos melhores a vender banha da cobra.
O bom Aníbal esforça-se, mas vende mal a banha da cobra...e na "porca da política" isso pode ser fatal. É cruel, mas é assim.
Ainda assim retive da sua intervenção as ameaças que os seus candidatos no Corvo e Flores estarão a ser alvo. Deu como exemplo o filho de alguém da CDU que estaria com problemas em aceder ao Estagiar L só por isso, por uma opção política "errada" do seu familiar !"? Eu não conheço o caso mas não me custa a crer que seja real. Neste aspecto o PS já igualou, ou terá mesmo ultrapassado o "mccarthismo" social democrata dos tempos de Mota Amaral.
(Eu conheci pessoas prejudicadas profissionalmente porque alguém pensou, só porque alguém pensou, que eram "perigosos comunistas" . E o mais irónico (?) é que essas pessoas nem eram comunistas. E se fossem?)
Acho piada à expressao "Jardinização" da vida açoriana. [Exemplo de um bom "sound bite"]
Achei também piada quando ele disse que "Álamo Meneses demonstrou [como Secretário da Educação] uma grande vocação...para a construção civil".[Mais um bom "sound bite"]
Já achei exagerado comparar a sua actuação com o regime fascista, a propósito da política do Governo que tem incentivado muitos jovens a optarem pelas vias profissionalizantes do ensino. Caro Aníbal isso tem muito pouco a ver com discriminação social e tem muito mais a ver com o facto de muitos jovens não quererem saber do ensino superior.
Este governo PS (e o lá de fora) têm tiques de autoritarismo fascizante, é verdade, mas esse não foi um bom exemplo.

5 comentários:

Rui Gamboa disse...

Não vi a entrevista, mas recordo-me que, curiosamente, Jerónimo de Sousa num debate entre todos os líderes partidários candidatos nas últimas Legislativas nacionais, teve um problema semelhante. Nessa ocasião, simplesmente ficou sem voz, pois tinha esforçado muito a voz num comício.

Será a sina da CDU?

o barbeiro de santana disse...

Lista de compras oficiais de Carlos César:
(aceitam-se mais contributos):

Vendidos:
-presidente câmara VFCampo
-presidente junta dos ginetes
-presidente junta das furnas
-ex-presidente câmara Calheta

Fiat Lux disse...

Se foram "comprados" não sei, mas a lista colocada na "barbearia de santana" dá que pensar.
Há muito que se percebeu uma aproximação entre César e Rui Melo. Não me admirava nada que nas próximas autárquicas Rui Melo concorresse pelo PS. Não seria a primeira vez.E nem era preciso ir mais longe: José Estevam não fez o mesmo?

o barbeiro de santana disse...

Com uma diferença. Quando José Estevam foi escorraçado da CPC do PSD de VFC por Rui Melo e seus caciques, magoado (até porque tinha um trabalho notável, com menos betão é certo, mas notável)concorreu pelo PDA (salvo erro). Não se tratou de uma venda. Agora que Rui Melo foi se vendeu a César, vendeu-se. Gostava apenas de saber o valor da venda a dinheiro, ou se foi a crédito.

Fiat Lux disse...

Tem razão, a possibilidade que julgo ter existido de José Estevam se candidatar pelo PS não se concretizou.