terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Escândalos de Carnaval


Segundo o "24 Horas" estas ricas prendas ganham mais do que Cavaco Silva.
É escandaloso, ainda mais numa altura em que famílias inteiras vivem nas ruas da amargura.

José Alberto Carvalho 15.999 euros
Judite de Sousa 14.720 euros
José Rodrigues dos Santos 14.644 euros

8 comentários:

Jordão disse...

Gostava de saber como é esses, e muitos outros, conseguem dormir descansados?!
Gostava de saber como é que se sentem quando noticiam que ordenado médico em Portugal varia entre os 600€ e os 800€?!
Gostava de saber como é que se sentem quando anunciam que milhares de famílias sobrevivem apenas com um ordenado mínimo?!

Desde o 25 de Abril que o país está a saque disse...

Isso dá 663,082.00 euros por ano para os três!!! É pouco. Acho que se devem subir os impostos para que possam ganhar mais qualquer coisita.

Anónimo disse...

A mim não me incomoda nada os ouros ganharem bem.
Não sou invejoso.

Anónimo disse...

Escandaloso é o Cavaco ganhar mais ou menos o que ganham estes artistas. Estes ainda os vejo a fazer alguma coisa, já o Cavaco faz o quê?

Anónimo disse...

Cambada de funcionários públicos invejosos.

E o que é que essa gente ganha comparado, por exemplo, com um empresário médio ou com um lavrador açoriano de grande dimensão?
Nada!

A ignorância faz certo tipo de gente imaginar coisas....

Fiat Lux disse...

Uma pequena "dica" para os que criticam a "inveja" e a "ignorância":

"Das 900 famílias que vivem nos bairros sociais de Camarate, que no total são 26 bairros e a maioria ilegais, cerca de 300 não têm meios próprios de subsistência e necessitam de apoios para se poderem alimentar. No entanto, muitas vezes por vergonha, não o fazem." (Notícia TSF)

Anónimo disse...

Incomoda e muito o que ganham porque é uma estação pública e deficitária, que "nós" pagamos. Quanto às outras, os accionistas das mesmas fazem o que querem do seu património. A destes artistas é nossa, são os cidadãos do país os seus accionistas. O problema é que a maioria dos accionistas aprova em eleições os gestores que são coniventes com a situação.

Anónimo disse...

O que os artista públicos ganham é um pingo de mijo no penico comparado com o que o Estado dá ao futebol. E esse dinheiro também é nosso.