sábado, 28 de fevereiro de 2009

Romeiros


Pintura de Luís Dinis, Povoação

Os Romeiros já estão nas estradas de S.Miguel.
Conduza com cuidado.
E se tiver tempo pare para ouvi-los.
Arrepia-me sempre ouvir a sua Avé-Maria.

5 comentários:

pedro lopes disse...

Caro Fiat Lux,

também eu nutro profundo respeito pelas Romarias Quaresmais.

Cresci a vê-los e ouvi-los passar, e sempre ambicionei participar um dia, em tamanho acto de fé.

Já concretizei esta vontade, e asseguro-lhe que é uma experiência bastante enriquecedora, que nos proporciona momentos de profunda reflexão e introspecção. É também um acto de comunhão, de grande camaradagem entre irmãos. De muita fé, religiosidade e oração.´

É também comovente a forma como as pessoas recebem em suas casas os Romeiros. De modo muito calorosa, e dando-lhes o melhor que têm.

Desejo-lhe uma boa Quaresma.

O Psiquiatra de serviço disse...

Luís Dinis é um pintor naif absolutamente genuino, humilde e despretensioso, atributos mais do que suficientes para ser esquecido pelos seus conterrâneos. Se usasse uns pircings, barba labirintica, uns óculos amarelos e umas tatuagens, já estava de pedra e cal no :ilhas e noutros "Carlos Pintos Coelhos" da blogosfera endémica.

Fiat Lux disse...

Pedro
boa Quaresma para ti também.

Psiquiatra
inteiramente de acordo quanto ao pintor Luís Dinis.
Tanto que na escolha da foto nem hesitei.

Anónimo disse...

Já não bastavam as vacas no meio do caminho...

Zé Carlos disse...

Pois concordo com o anónimo. O melhor será ficares em casa para não atrapalhares! Tótó.