terça-feira, 9 de junho de 2009

À procura da esquerda



José Saramago, Diário de Notícias

3 comentários:

Tiago R. disse...

Saramago refere-se à esquerda que "deslizou progressivamente para o centro".

Há carapuças que servem direitinhas nalguma esquerda. Não em toda. E nessa medida, Saramago é injusto, porque há quem não tenha desistido e há quem não se distancie das suas fontes naturais de influência.

Mas perante os resultados a nível europeu (e também no contexto espanhol) percebo a aspereza da crítica.

geocrusoe disse...

mesmo considerando Obama, a esquerda nos EU está à direita do actual PS, a ideologia na europa parte de realidades diferentes, um mundo com uma economia muito menos liberalizada e com um sistemas sociais públicos muitos fortes (saúde, ensino e segurança social).
O PS de sócrates perdeu a referência de esquerda europeia e tenta ocupar o centro direita. a continuar a evolução assim, qualquer dia, se o psd se mantiver fiel à sua matriz, representa o centro esquerda e centro direita, enquanto a esquerda terá de concentrar-se na mais extrema da CDU e BE... sei que não será assim, pois o PS há-de regressar um dia à sua esquerda.

Tiago R. disse...

E há fortes tendências dentro do PS que o defendem. Mas têm-se sempre encolhido perante Sócrates nos momentos das verdade.
O que se lamenta.