sábado, 29 de novembro de 2008

A minha revista de imprensa

"É difícil ser imparcial. Mas achei-me credível. Eu acreditaria em mim."
(Dias Loureiro, em entrevista a Fernanda Câncio, hoje no DN, comentando a sua prestação na entrevista televisiva com Judite de Sousa)
(E já vai com sorte, às vezes não é nada fácil uma pessoa acreditar em si próprio)
***
[Gondomar] Professora agredida a murro, estalada e pontapé
(Vida boa a de professor)
***
Mª de Lurdes Rodrigues vai ser "low profile" (Expresso)
(E já foi "high profile" ? tentativa de fazer ironia)
***
Governo salva BPP para defender imagem de Portugal (Expresso)
(E quem salva verdadeiramente os portugueses?)
***
Estado quer anular divórcio de Oliveira e Costa (Sol)
(Hein?)
***
"O PSD vai retirar a maioria absoluta ao PS e provavelmente ganhar as eleições", Pedro Arroja (O Diabo)
Isto é que é uma previsão Arroja(da)
***
Socialistas mais perto da maioria absoluta - Sondagem Semanário Económico/Marktest dá 40% ao PS. Ferreira Leite tem o pior resultado de sempre.(Semanário Económico)
(Oh Arroja, eu tinha-te avisado pá)

3 comentários:

Rui Gamboa disse...

Se eu tivesse caído neste país agora e não o conhecesse, também teria acreditado no Dias Loureiro.

Fiat, acho que foi injusto quanto à questão da professora: está visto que foi apenas (mais um) caso isolado (outra tentativa de fazer ironia) ;)

Anónimo disse...

Eu cá acredito!
No Dias Loureiro, coitado.
Na espertalhona da professora!
No Sr. Oliveira e Costa.
E nas sondagens.

Anónimo disse...

E no sr.presidente que nada tem a ver com o BNP.