sábado, 14 de março de 2009

Zézito não discute números


O Zézito, depois da passeata por Cabo Verde deu nota de uns quantos malandros
que andaram por aí a chamar-lhe mentiroso.
O Zézito acha que os sindicatos afectos à CGTP-IN se deixam instrumentalizar.
Desta vez o Zézito vislumbrou, além do PCP, elementos do BE como autores da "instrumentalização".
E disse ainda que não queria discutir os números.
Para o Zézito, portanto, 200 mil ou 20 mil é mais ou menos a mesma coisa.
Já tinhamos percebido que o Zézito tem uma relação problemática com os números, quando prometeu criar 150 mil empregos.
150 mil , 100 mil, 50 mil...qual é a diferença afinal ?
Mas isso interessa para alguma coisa?
Eh pá deixem de chatear o homem.
Afinal quem nunca mentiu que atire a primeira pedra.

2 comentários:

Anónimo disse...

Ainda há muitos que vão chorar pelo Zezinho.

Tempos virão.

ilhas de bruma disse...

Oxalá que sim... especialmente no dia do enterro...