sexta-feira, 6 de março de 2009

Dia F contra o crime ambiental da Fajã do Calhau - balanço final


Passadas 48 horas de luta e de luto pelo crime ambiental da Fajã do Calhau, acho que o balanço é positivo.

Atrever-me-ia a dizer muito positivo mesmo.

Foi bonito ver este movimento a crescer de forma espontânea.

E sem o cariz político que alguns temiam.
Foram muitos os que aderiram a esta “manifestação” na blogosfera.
Não sei se foi a primeira vez que se fez.

Mas fica demonstrado que se pode fazer mais vezes.

E que, não sendo o melhor veículo, é um dos veículos possíveis para alertar consciências.
Os nossos políticos queixam-se muitas vezes de que a sociedade civil está amorfa e não participa. Acho que, por esta altura, a blogosfera é porventura o espaço de maior participação cívica nos Açores.
Haja quem queira ler o que se vai dizendo em muitos blogs e muitos deles de grande qualidade, quer de escrita quer de argumentação.
Deixem-me dizer-vos que nem sequer sou um ambientalista do tipo “fundamentalista”.
Mas como a grande maioria sinto-me chocado com o horror daquela obra na Fajã do Calhau.
Para além de todos os impactes há a ter em conta que aquela será sempre uma “estrada” perigosíssima.

Por mim não tenciono passar por lá.

O(s) dia(s) F(s) termina(m) aqui.
Mas não acaba a necessidade de uma cada vez maior consciência ambiental e de mais intervenção cívica.
Acho que valeu a pena.
Acho que foi um sucesso.
Um sucesso que incomodou muitos, ao ponto de virem com a história ridícula de questionar a “licença” do Clube Asas de S.Miguel para fazer fotografia aérea!?
A prova de que muitos queriam manter o máximo de tempo possível aquela vergonha encoberta dos olhares de toda a gente.
Por isso o mérito deste movimento é de todos os participantes, mas em grande parte das fotografias que o Clube Asas de S.Miguel proporcionou.
Foram elas que deram a verdadeira dimensão da catástrofe.

Agora vou dar-me a mim próprio uma folga.
Mas, como diria o outro, “vou andar por aí”.
Pronto a ser solidário com qualquer campanha desta natureza...pela Natureza
Podem contar comigo.

Um abraço a todos e o meu muito obrigado.

Fiat Lux
**************************
Blogs que aderiram ao dia F (Lista, mesmo, final, depois de adicionar o Danialice) :
Rodrigo de Sá (Danialice)

E ainda este parecer da Associação Amigos do Calhau
e este outro dos Amigos dos Açores
e ainda o post do Terra Livre, que presta homenagem a Veríssimo Borges.

Obrigado.

6 comentários:

Rodrigo de Sá disse...

Eu também, que só hoje é que me inteirei da situação toda.
Paz à Fajã do Calhau.

Jordão disse...

"Todos somos poucos para lutar contra um Mundo melhor!"

Um abraço

Anónimo disse...

How. Is like the "portuguese grandmother" in youtube.

pedro lopes disse...

Caro "Fiat Lux",

bravo por esta inicíativa. A blogosfera também cabe na "sociedade cívil", e esta, em Democracia, pode manifestar-se livremente.

Foi o que fizemos. Todos, os que aderiram a este dia.

Venham mais "dias", e pouco importa quem os propõe. ;)

Cumprimentos

S.Soares disse...

foi uma boa iniciativa, ou não fosse do Fiat Lux, contudo esqueci-me... Sorry! Mas estou nos protestos!

Fiat Lux disse...

Obrigado amigo.

Já vai longa a "anatomia" da obra :)
(Mas ainda te posso juntar á lista. Pode ser?)

Começo a ficar cansado.
E desgostoso com a valorização que pretenderam dar a um facto irrelevante (deturpando o que se passou): ter sido um blog anónimo a avançar com uma proposta que acabou por granjear uma vasta adesão.
Será por ciúmes?
Já disse que não vale a pena preocuparem-se com este blog.
Não ando a fazer corridas com ninguém.
Infelizmente parece haver quem não percebe ou finge não perceber.
O comportamento do Francisco do Entramula decepcionu-me muito,até porque era uma pessoa que respeitava.
A defesa que o primo Mário Roberto veio fazer dele, atacando-me de forma baixa (mesmo com assinatura*), também me desgostou.
Bem como o Pascoal, que como deputado devia ter mais tento na língua e ir chamar bestas a outros.
Mas é o que há amigo.
Um abraço.

(*) Pelos vistos há muita gente que pensa que pelo facto de assinar um blog pode dizer o que quiser que tudo é desculpado. Se é anónimo, só pelo facto de ser anónimo, é considerado uma "praga".
Pois eu até hoje não me envergonho de nada que escrevi neste blog. E não teria nenhuma vergonha de o assumir publicamente.
Não o faço por opção. E tenho esse direito.